POSANDO A MODERNIDADE: O MODELO NEGRO DE MANET E MATISSE ATÉ HOJE

Le Modèle noir, de Géricault à Matisse



Esta exposição explora as mudanças nos modos de representação da figura negra como essenciais para o desenvolvimento da arte moderna. As interações e influências dos modelos em pintores, escultores e fotógrafos são destacadas por meio de fotografias de arquivo, correspondência e filmes. Os artistas apresentados na exposição retratavam assuntos negros de maneira contrária às representações típicas do período. As obras incluídas destacam o aspecto pouco conhecido e multirracial do ambiente de cada artista.


Em Nova York, a apresentação se concentra especificamente na figura feminina negra, começando com os retratos de Laure, modelo de Edouard Manet, nos anos 1860, o modelo que se apresentava como empregada doméstica em Olympia. Em Paris, um tratamento mais amplo e expandido da figura negra começa com os retratos de Marie-Guillemine Benoist e Jean-Louis André Théodore Géricault, no início do século XIX.


Em Nova York e Paris, a exposição explora o trabalho da coorte da era impressionista de Manet, incluindo Frédéric Bazille, Edgar Degas e o fotógrafo Nadar; escultores, incluindo Charles Henri Joseph Cordier e Jean-Baptiste Carpeaux; pinturas, desenhos e gravuras de Henri Matisse (antes e depois das visitas ao Harlem dos anos 30); o retrato de diversos artistas do Harlem Renaissance, incluindo Charles Alston e William H. Johnson; e o legado dessas representações para gerações sucessivas de artistas modernos e contemporâneos do pós-guerra, de Romare Bearden até o momento atual.


Ao adotar uma abordagem multidisciplinar que se concentra na conexão entre a história da arte e a história das idéias, a exposição estudará questões estéticas, políticas, sociais e raciais, bem como o domínio da imaginação - tudo isso revelado na representação de figuras negras nas artes visuais das eras da abolição francesa e americana até os dias atuais.


Fonte: https://wallach.columbia.edu/exhibitions/posing-modernity-black-model-manet-and-matisse-today-le-mod%C3%A8le-noir-de-g%C3%A9ricault-%C3%A0

0 visualização