Captura de tela 2022-07-21 172725.png

Convergência Negra

FORTALECER A TRANSVERSALIDADE DA COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA NOS BAIRROS VULNERÁVEIS DA CIDADE DE PORTO ALEGRE

Buscando atender a jovens de comunidades vulneráveis em Porto Alegre, a Black Brazil Art criou o curso de Capacitação em Comunicação Comunitária - Convergência Negra, a fim de dar conhecimento, prática, valorização e autoestima a esses jovens e ajudar a comunidade em que estão inseridos, a contarem sua histórias e vencerem barreiras que a sociedade impõe.

Desenhado para atender alunos no contraturno escolar, a iniciativa viu alguns empecilhos quando procurou diretamente, escolas para serem beneficiadas. O projeto encontrou na parceria da Rede ACM - Associação Cristã de Moços, os bairros mapeados como vulneráveis, onde, tanto índices de vulnerabilidade social (IVS) como índice de desenvolvimento humano (IDH), preocupam a capital.

O objetivo do curso é restaurar, renovar e motivar jovens para uma visão mais consciente e crítica, capacitando, qualificando e promovendo esse grupo de jovens, com propostas para criar ambiências usando a mídia e suas diversas expressões como mediação.

 A dificuldade no acesso à informação nas comunidades é um problema real em nosso país. A formação nesta área está restrita quase que exclusivamente à educação formal acadêmica, desconsiderando a necessidade desses profissionais, dentro da própria comunidade, para atuar na comunicação comunitária. A capacitação para atuar no novo cenário das mídias digitais, com foco na comunicação comunitária é um estímulo que também, fomenta o mercado de trabalho.

 

Novas tecnologias engendraram novas oportunidades de acesso, criação, preservação disseminação e uso da informação. No entanto, é a atividade humana que permite que a informação seja transformada em conhecimento e, ainda, que esse conhecimento agregue valor à experiência e ao desenvolvimento humano. É o conhecimento que empodera as pessoas para que melhorem seus meios de subsistência e contribuam com o desenvolvimento social e econômico das sociedades em que vivem. Relatório

Projeto de Comunicação Comunitária que agrega valor humano e valoriza a autoestima de jovens com idade de 14 a 18 anos. O telefone celular é a ferramenta chave para o projeto, uma vez que os alunos aprenderão a elaborar roteiros, entrevistas, vídeos e pautas sobre problemas que envolvem a comunidade a que pertencem. 

Patrícia Brito, idealizadora

No extremo-sul de Porto Alegre, vive a Restinga

Vivem na Restinga 80.020 pessoas, divididas em 10 vilas regulares (Beco do Bita, Nova Santa Rita, Barro Vermelho, Chácara do Banco, Flor da Restinga, Pitinga, Restinga Velha, Núcleo Esperança, Figueira e Cabriúva) e 9 irregulares (Baltimore, Castelo, Castelo II, João Antônio Silveira, João Antônio Silveira II, Parque dos Eucaliptos, Pôr-do-sol, Rocinha e Vale do Salso). (...)

Morro Santana e sua distinta realidade

Vivem na Região Leste de Porto Alegre 110.451 pessoas. Dos chefes de domicílio, 41,3% têm renda de até 2 salários mínimos e 21,6% possuem até 3 anos de estudo. (...)

Com respeito, dignidade e valorização - esse é o bairro Cruzeiro do Sul

A Vila Cruzeiro do Sul é composta pelos bairros Medianeira, Santa Tereza e arredores. Representa 4,64% da população do município, perfazendo um total de 65.408 pessoas, sendo 25.967 entre zero e 19 anos de idade. Nesta região, a renda média é de até três salários mínimos (Censo, IBGE, 2010).

"Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui liberdade, sem interferências, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras." (UNESCO)

  • Ícone do Instagram Branco
  • Ícone do Facebook Branco
  • RSS
  • Spotify
  • Soundcloud
  • Ícone do Twitter Branco
  • Ícone do Youtube Branco

INSTITUTO BLACK BRAZIL ART

Escritório de Arte, Curadoria, Exposição

blackbrazilarte@gmail.com

​​

© 2030 Todos os direitos reservados. by BLACKBRAZILART